quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

CASAL ARDENTE




Era por volta das 5:00 da tarde quando terminei algumas coisas em casa e fui tomar banho. Entrei no chuveiro e fiquei por lá um bom tempo deixando a água quente bater no meu corpo. Nesse momento fiquei pensando em como seria bom transar naquele final de tarde. Terminei meu banho e fui pro meu quarto me vestir. Sentei na cama e comecei a secar minhas pernas e pés. Naquele momento me bateu um cansaço um sono e com muita preguiça me deitei na cama e adormeci. Passado algum tempo meu marido chegou. Foi até o quarto e me viu ali dormindo de bruço nua. Acordei com ele beijando minha nuca. Fazendo carinho no meu cabelo q ainda estava úmido do banho. Continuei ali parada ainda meio sonolenta, ele começou a beijar minha costas bem de vagarinho, foi descendo devagar, beijando cada centímetro das minhas costas. Chegou até minha bunda e começou a passar a língua bem devagarinho. Naquele momento eu já estava cheia de tesão. Ele me virou de frente e me deu um longo beijo, desceu até meu pescoço e foi beijando meu corpo todo até chegar na minha virilha, ali ele passou a língua bem devagar e finalmente chegou ate minha bucetinha que já estava toda molhada de tesão. Ele ficou ali por alguns minutos enfiando aquela língua quente dentro de mim me proporcionando momento de muito prazer.

                       



                      O tesão era tanto que comecei a gemer de prazer. Ele percebendo continuou bem devagar pra que eu pudesse sentir bastante prazer antes de gozar. Ele colocava a língua dentro da minha bocetinha e tinha hora que ele só colocava na portinha bem devagar, quando ele viu que eu estava louca de prazer enfiou o dedo e começou a foder minha bocetinha com a língua e com o dedo, até que eu gozei.
            

                          Queria retribuir aquele momento e fui pra cima dele beijei sua boca e também fui beijando o seu corpo até chegar no pau dele, que estava duro, abocanhei o pau dele cheia de prazer, com muita vontade de chupar ele todinho. Comecei pela cabecinha rosada, chupei só a cabecinha por uns instantes até que engoli aquele pau duro e grande. Fiquei ali lambendo, chupando, mordendo. Ele se sentou e eu continuei. Ele começou a me alisar enquanto eu o engolia, passava a mão na minha bucetinha e na minha bundinha. Até que começou a acariciar o meu cuzinho. Colocava o dedo na minha buceta e subia pro meu cuzinho. Naquele momento percebi que ele não queria comer so minha bucetinha. Fiquei ainda mais excitada. Quando ele já tava louco de tesão parei de chupar o pau dele e me sentei em cima dele. Encaixei minha bucetinha que estava toda molhadinha de tesão no pau dele e fui descendo devagar, deixei somente a cabecinha entrar, ali fiquei por uns momentos. Só na cabecinha. Até enterrei de uma vez o cacete dele na minha bucetinha e ele gemeu alto de prazer. Senti as bolas dele encostarem na minha bundinha. Comecei os movimentos de vai e vem, hora devagar, hora acelerado. Ficamos nesse ritmo por um tempo. Me virei de costas pra ele e sentei novamente no pau dele. Ele acariciava meu cuzinho e gemia de prazer me vendo de costas pra ele. Ficamos mais um tempo nessa posição, delirando de muito prazer. Foi então que me coloquei de quatro e ele enfiou com toda força o cacete dele na minha bucetinha. Sentia aquele pau quente dentro de mim que as vzs latejava de prazer. Eu queria mais e ele enfiava sem dó. Puxava meu cabelo e eu gemia de prazer. Nesse momento eu gozei de novo, como uma cachorra. Ele me virou e eu chupei o pau dele mais um pouco. Ele me colocou de quatro de novo e lambeu minha bucetinha, achei que ia enlouquecer de tanto tesão. Foi quando ele começou a acariciar e a lamber meu cuzinho. Lambia minha bucetinha e meu cuzinho. Fiquei louca de tesão e senti quando ele parou e se posicionou na minha bundinha.

                            Começou a forçar de vagarinho aquele pau duro e quente no meu cuzinho. Até que entrou a cabecinha toda, parou um pouco pq respirei fundo, logo depois continuou a forçar bem devagar até q com movimentos de vai e vem bem de vagarinho aos pouco senti que o pau dele já estava pela metade dentro de mim. Comecei a me tocar pra sentir mais prazer. Ele msm enfiava o dedo dentro da minha 
bucetinha e eu delirava de prazer. Começou a fazer movimentos mais rápidos e eu me tocava, senti muito prazer naquele momento. Era gostoso sentir o pau dele dentro do meu cuzinho como se estivesse me arrombando. Ele gemia de prazer e eu também. Queria que aquele momento durasse bastante. Estávamos loucos de tanto tesão. Ele apertava minha bunda e eu gemia de prazer. Ele enterrava o pau dele todo dentro de mim e eu adorava. Até que gozamos juntos enlouquecidos de prazer. Fomos pro banheiro e tomamos um banho. Ele deitou na cama exausto. Quando vi o pau dele mole não resisti e abocanhei de novo. Fiz ele crescer de novo pra mim. Ele me colocou deitada na cama e enfiou de uma vz aquele cacete dentro de mim. E ele começou a acelerar e enfiar tudo dentro de mim, e eu comecei a gemer e me contorcer de prazer. Não demorou muito pra eu gozar de novo. Ele me perguntou se eu queria se enrabada de novo e eu disse que sim só que dessa vz queria meu brinquedinho junto. Ele se levantou e pegou meu brinquedinho. Ele começou a enfiar o brinquedinho dentro da minha bucetinha e a me chupar. Fiquei louca de novo. Aquela sensação foi incrível. Ele se sentou e me colocou sentada em cima dele e começamos a trepar forte, ele segurava na minha cintura e puxava pra baixo pra poder entrar tudo. Me fez gozar mais uma vz. Até que ele me colocou na ponta da cama ajoelhou e de frente pra ele enfiou com cuidado o pau dele no meu cuzinho, quando ele viu que já tinha entrado a metade pegou meu brinquedinho e enfiou na minha bucetinha. Foi incrível. E ele começou a acelerar os movimentos e eu enlouquecia de prazer. Ficamos fudendo assim até que não agüentamos mais segurar e gozamos de novo.

Reações: