sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Meu melhor amigo - conto erótico


Carlos e Magda, eram amigos, tinham seus parceiros, eram casados, mais se conheceram por acaso, e tiveram uma atração fatal fortíssima, conversaram muito antes de realmente se pegarem...Beijos e amassos dentro do carro começaram a ficar mais frequentes, um dia não aguentando mais ficar só nos pegas, eles resolveram que era a hora de ir pro Motel...Quando chegaram o fogo, e a vontade de sentir o corpo um do outro tomou conta, na garagem mesmo beijos calientes começaram a ser dados, Carlos imprensou Magda contra a parede e forçou seu corpo másculo e forte contra o dela que suspirava de tesão, as mãos dela percorriam as costas dele arranhando, fazendo-o querer possui-la ali mesmo, mais eles tinham tempo, resolveram entrar no quarto e tomar um banho.
            Adentraram o quarto e as roupas foram sendo deixadas pelo chão, ela exibia suas curvas, sua pele morena arrepiada de tesão, visivelmente excitada, ela admirava o corpo do seu macho que também eliminava as roupas, ficando apenas de cueca, expondo seu membro duro, ela admirava aquele homem que alguns momentos depois à possuiria, ele entra no box e chama-a para um gostoso banho...

Ela timidamente começa a molhar seu corpo, passa a mão pelos seios, deixando a água cair, Carlos resolve começar a sua investida, rapidamente sua língua penetra a boca dela num beijo demorado e molhado, a buceta dela esta em chamas, pingando de tesão, o membro de Carlos endurece e começa a roçar no ventre de Magda, ele então começa a percorrer o corpo dela com suas mãos fortes, alisa o bico dos peitos dela, ela ao mesmo tempo aperta as costas dele, querendo aquele macho cada vez mais perto dela, lambidas são dadas, as bocas se procuram, ele vai descendo explorando o corpo dela com a língua, ele mordisca os seios dela, que ao sentir, geme, e morde os lábios, ele vai descendo cada vez mais, lambe o ventre dela, e finalmente chega ao paraíso, embaixo do chuveiro a umidade que escorre da buceta dela se mistura com a água do chuveiro, Carlos quer ver Magda implorando para ser penetrada, ele então enfia a língua dentro da vulva dela que solta um grito abafado, ele chupa gostosamente ela, ao mesmo tempo em que ela alisa os seios aumentando o tesão, ela se escora nas paredes para não cair quando o orgasmo chega....Ela puxa ele de volta pra ficar em pé, e o beija, sentindo o gosto da própria buceta na boca dele, ela decide que não iria embora daquele quarto sem também sentir o gosto do pau de seu macho.
            Tabata desliga o chuveiro, pega a toalha, seca o corpo de Carlos explorando cada centímetro, entre as passadas de mão, ela dá lambidas no corpo dele, principalmente nos mamilos, ela suga, dá mordidinhas e ele sente seu pau pulsando, com as veias saltadas, ela sai do box, caminha sensualmente até a cama e chama-o, ele sem perder tempo vai até ela, ela arruma-se na posição de quatro e busca o pau dele com a boca, ela finalmente delicia-se com aquele membro, a tanto desejado, o pau dele babava e com a língua ela busca cada gota, olha pra ele e engole o pau, a boca dela vai e vem fazendo gemer, ele num momento de fúria, tira o pau da boca dela, aproveita a posição de quatro dela e penetra seu pau furiosamente nela, que dá um grito, a penetração foi gostosa, pois sua buceta pingava de tesão, ele começa a dar bombadas fortes e firmes, 
Alternando com lentas e apertadas, as mãos de Carlos buscam os seios dela, fazendo ela elevar seu tronco, ele beija ela enquanto continua a fodê-la, mais ela queria cavalgar, ela pede pra ele sair de dentro dela e deitar, ele obedece. Magda mais uma vez começa a sugar aquele pau duro, deixando ele bem babado, para logo depois posiciona-lo na entrada de sua bucetinha e engolir inteiro aquele membro... Ela entra em transe enquanto Carlos esta dentro dela, ela fecha os olhos, sobe e desce numa penetração profunda, ela sente o pau lá naquele pontinho escondido e goza loucamente deixando a barriga dele toda molhada... Sentindo que ia gozar Carlos sai de dentro dela, deita Magda na cama, ergue suas pernas e a penetra, dando socadas bem fundas, ela quer com bastante força, ele faz direitinho o que ela pede...Sentindo o pau inchar Magda sabia que Carlos estava pra gozar, ela aguarda o momento, e quando ele sai de dentro dela, ela busca o membro dele, e masturba-o fazendo-o gozar em seus peitos, ele beija ela, ela começa a lambuzar seus seios com a porra, ficando todinha melada e arrancando suspiros deliciosos de Carlos...Molhados de suor ele resolvem tomar outro banho e se deliciar com um espumante bem gelado...dando tempo para recuperar seus corpos pra mais uma foda...

Reações: