quarta-feira, 26 de dezembro de 2012


Garganta Profunda "deep thorat"


Não há como fugir: sempre que falamos sobre garganta profunda, a primeira coisa que vem a nossa mente é o filme da década de 70 que pode ser considerado O divisor de águas no pornô mundial pois até mesmo quem nunca viu o filme sabe alguma coisa sobre ele, porém, existe muita dúvida sobre a técnica em si e o que pode-se ou não ser feito.
Como é do nosso costume, não nos contentamos com uma pesquisa superficial e esta postagem será relativamente longa e passará um panorama geral, desde a história que envolve o filme  até a técnica em si!
Ao meninos vale lembrar, que não se deve esperar por uma performance prodigiosa por parte da companheira desde a primeira tentativa e que se dever respeitar o seus limites, e, se acaso ela não consiga se adaptar à técnica, restará se conformar e respeitá-la, afinal ela tentou! Nada de forçar a barra.
Às meninas, a mesma dica é dada: não forcem a barra, treinem, treinem e treinem, tenham paciência e perseverança. Tenham também em mente que o maior prazer será do homem e não seu, se serve de alento, saiba que vai provocar uma das mais alucinantes sensações ao seu parceiro. Então, deliciem-se com mais este post:



Deep Throat (no Brasil: Garganta Profunda / em Portugal: Garganta Funda), é um filme pornográfico norte-americano de 1972, escrito e dirigido por Gerard Damiano e estrelado por Linda Lovelace.
O filme, um cult do cinema pornô, não apenas alterou a cultura sexual dos Estados Unidos, como chegou a influenciar a política do país na década de 1970, em relação à liberdade sexual. Com um custo de apenas 25 mil dólares, arrecadou mais de US$ 600 milhões ao redor do mundo, sendo um dos mais lucrativos da história. As filmagens tiveram apenas seis dias de locação, em Miami Beach. Ele estreou em abril de 1972 num cinema da Rua 42, em Manhattan, Nova York, com o tempo. arrecadou só nos EUA cerca de 20 milhões de dólares.
Em meio a uma série de denúncias e de processos, o filme conseguiu ser exibido nos grandes circuitos de cinema de Nova York, coisa absolutamente impensável em se tratando de filmes do gênero. O barulho foi tanto que mereceu um artigo no New York Times, escrito pelo jornalista Ralph Blumenthal, com o título Porno Chic, no qual ele dizia que discutir Deep Throat tinha virado moda nas festas do jet set e que personalidades como Truman Capote, Warren Beatty e Jack Nicholson eram vistos engrossando as filas nas salas de cinema que ousavam exibir o filme. Ele foi descrito pela revista Variety como o Ben-Hur do pornô e como O Poderoso Chefão do cinema erótico pelo presidente da Paramount, Frank Yablans. Garganta Profunda mudou a maneira de ver o cinema pornô, que a partir daí virou uma forma legítima de entretenimento.
O fenômeno Deep Throat ajudou a lançar uma onda de filmes pornográficos que floresceu durante algum tempo enquanto alimentava iradas discussões entre intelectuais, feministas e religiosos. Linda Lovelace (a protagonista de "Garganta Profunda") seria o protótipo de mulher liberada ou a encarnação da mulher-objeto?
Sinopse 

Linda Lovelace
O filme conta a estória de Linda (interpretada por Linda Lovelace), uma mulher infeliz que já tentou de tudo em termos de sexo, porém jamais conseguiu atingir o orgasmo. Frustrada e sem outra alternativa, ela consulta o Dr. Young, que enfim descobre o seu problema: o clitóris de Linda localiza-se no fundo de sua garganta, e tendo descoberto isto ela deverá encontrar um pênis grande o bastante para penetrar-lhe bem fundo, proporcionando o tão esperado orgasmo. 

A história ecoa as principais discussões da época, na carona do feminismo e da revolução sexual. "O mundo estava se abrindo para a questão da sexualidade. A década de 1960 lançou a revolução sexual e os anos de 1970 aprofundaram a questão. Esse fator ajudou a levar o filme para os cinemas de rua e torná-lo menos chocante às plateias normais".
A história da mulher em busca do prazer pode parecer tola aos olhos de hoje, mas aquele tema representava um avanço para a época.
No Brasil, o filme só foi liberado dez anos depois, após a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo conseguir liminar para exibir "O Império dos Sentidos" (1976), de Nagisa Oshima, ao alegar que o filme tinha valor artístico. "Ele criou uma jurisprudência e filmes do gênero pornográfico foram lançados nos cinemas".
Garganta Profunda foi feito com uma razoável qualidade de produção, com uma interessante e engraçada história. Ao contrário de hoje, o elenco, segundo ele, sabia um pouco mais de interpretação, dando um sabor especial aos diálogos.
Visto hoje, provavelmente as pessoas não conseguirão ficar excitadas com o filme. Irão, sim, rir das cenas de humor que Damiano incutiu no filme, já que o aspecto estético dos atores não ajuda muito: "Eles eram feios, pareciam pessoas comuns. Linda não entraria nos padrões de hoje, tanto o rosto quanto o corpo. Agora, os corpos são 'fabricados' para o pornô, com muita plástica e malhação" afirma o jornalista Fausto Salvadori.
  

A onda dos remakes chegou ao mundo dos filmes pornográficos. A gigante Vivid - que já refilmou os clássicos O Diabo na Carne de Miss Jones e Debbie Does Dallas - lançou uma nova versão para Garganta Profunda. Ou algo próximo disso.
O filme, de 1972 que teve um impacto gigantesco nos EUA (a história foi contada no ótimo documentário Inside Deep Throat). Rolou uma perseguição do governo  já que os direitos autorais eram de chefões da máfia.
Deve ser uma maldição, já que a confusão perseguiu o remake da Vivid. O atual dono dos direitos autorais concordou em cedê-lo à empresa, mas arrependeu-se depois de ver o resultado final. O filme acabou sendo lançado como Throat: A Cautionary Tale, em 2009.
Mas a boa notícia é que todos os problemas levaram a um reality show que foi exibido pelo canal norte-americano Showtime, Deeper Throat. O programa mostra os bastidores da tentativa - e frustração - da Vivid. Além de Sasha Grey, aparecem também o músico (e magnata do pornô) Dave Navarro e várias das grandes estrelas do gênero.

2012 é o ano em que garganta profunda completa 40 anos e Maria Helena Vilela, educadora sexual e diretora do Instituto Kaplan, concorda. "O filme ajudou as pessoas a incluírem o sexo oral no seu repertório sexual e a falarem sem constrangimento sobre a prática: “Nos anos 70, os homens faziam sexo oral apenas com prostitutas, mulher 'de bem' jamais faria sexo oral no marido. Hoje, passou a ser parte das preliminares. Ninguém mais se assusta de admitir que faz sexo oral”, diz.

75% dos casais ocidentais pratica sexo oral hoje
Segundo a psicanalista e escritora, Regina Navarro Lins, com o movimento da contracultura, o movimento feminista e a invenção da pílula anticoncepcional, o sexo ‘para fins reprodutivos’ deu lugar ao ‘sexo para dar e receber prazer’. Resultado, o número de pessoas que praticam sexo oral hoje é altíssimo: “Atualmente existem pesquisas que apontam que 75% dos casais ocidentais fazem sexo oral, sendo que, 40% deles, praticam com frequência”, declarou.

Nos EUA, fala-se em epidemia de sexo oral entre os jovens 
Nos grandes centros urbanos, o assunto passou a ser discutido nas escolas e criaram-se até cursos que ensinam as mulheres como fazer sexo oral. Nos Estados Unidos, pesquisa recente do John Hopkins Bayview Medical Center descobriu que entre 1994 e 2004 mais que dobrou o número de jovens de 12 a 24 anos que relataram já ter feito sexo oral. A divulgação dos resultados causou furor, virou pauta no programa de Oprah Winfrey e ganhou destaque em editorial do New York Times, ambos veículos chamando a atenção para uma epidemia de sexo oral entre os adolescentes.


Linda Lovelace, protagonista de Deep Throat, na sua cinebiografia, que será lançada até o final do ano, será interpretada por Amanda Seyfried


Sexo oral: um favorito na terceira idade
No Brasil, não se fala em epidemia, mas sim de uma maior aceitação da prática. E não só entre os mais jovens. Depois da invenção daquele famoso comprimido para disfunção erétil, o sexo oral também é um favorito entre indivíduos da terceira idade. “De 100 pacientes que me procuram, 90% praticam, independente da faixa etária”, contou o urologista, sexólogo e terapeuta sexual Celso Marzano, que tem clínica em São Paulo.

As mulheres fazem mais sexo oral do que recebem
Apesar de toda liberação, existe um ponto que intriga os especialistas: as mulheres continuam fazendo muito mais sexo oral nos homens do que recebendo. Segundo Maria Helena, enquanto 80% dos homens gostam de receber sexo oral, entre as mulheres que declaram gostar de receber esse número cai para algo entre 40% e 50%.

Essa conta não fecha por alguns motivos. Primeiro, sentem-se mais à vontade para pedir e, segundo, existiria uma repulsa em relação à prática por parte do parceiro ou da própria mulher. “As mulheres gostam de receber, mas existe um certo preconceito. Essa coisa do cheiro da vulva afasta o homem e
 elas não se sentem livres para receber”, analisa a diretora do Instituto Kaplan.

Regina Navarro reforça a idéia: “A maior preocupação da mulher com o sexo oral é o cheiro”, diz a psicanalista que ainda conta que existem mulheres que têm tanto nojo do próprio cheiro que chegam a dizer: “Se fosse homem jamais faria uma coisa dessas”.

Nada que um bom sabonete íntimo não possa resolver e hoje existem opções nas farmácias e supermercados para todos os bolsos. Vale lembrar que esse tipo de produto é especialmente desenvolvido para essa área do corpo: “Nada de passar perfume ou desodorante”, aconselha Celso Marzano.

Fazemos uma observação necessária: a genitália feminina, assim como a masculina, possui seu cheiro característico e atrai sim, o sexo oposto! Odores ruins são resultados de má higiene ou de problemas comuns na flora vaginal que possuem tratamento simples e dos quais já foi dada vasta explicação em posts anteriores. 


Sexo Oral e DST’s (Doenças Sexualmente Transmissíveis)
Nos anos 70, quando “Garganta Profunda” foi lançado, o conceito de sexo seguro não fazia parte do repertório das pessoas. Hoje, os especialistas são unânimes: sexo só com proteção, sobretudo o oral. A recomendação é que os homens usem camisinha e que as mulheres, na falta de um produto específico, improvisem, cobrindo a área com filme plástico ou com uma camisinha cortada.

De acordo com Maria Helena, é mais difícil contrair HIV pelo sexo oral, mas não impossível, principalmente se houver alguma ferida na boca e a mulher engolir o esperma. Ela ressalta que o risco é sempre maior para quem está fazendo do que para quem está recebendo e alerta também para a coleção de DST’s que é possível contrair através da prática: “Doenças que seriam dos genitais, como herpes, sífilis, gonorréia e HPV podem pegar na boca”, avisa a educadora sexual.

Linda Lovelace está em voga


Foi divulgado o primeiro pôster de Lovelace, cinebiografia da atriz Linda Lovelace estrelada por Amanda Seyfried, que está previsto para lançamento em 07 de dezembro de 2012.
O filme irá contar a história da estrela de Garganta Profunda, que depois acabou deixando a indústria do cinema pornô e se tornando uma militante feminista. Linda Lovelace, nascida Linda Susan Boreman, morreu em 2002, aos 53 anos.

A biografia The Complete Linda Lovelace, escrita por Eric Danville, deu origem ao roteiro de Andy Bellin (Confiar). Hank Azaria, Bobby Cannavale, Chris Noth, Robert Patrick, Sharon Stone, James Franco (na pele de Hugh Hefner, criador da Playboy) e Peter Sarsgaard, que interpretará o marido de Lovelace, Chuck Traynor, também fazem parte do elenco. Anteriormente, Demi Moore estava escalada para fazer uma ponta como a ativista do feminismo Gloria Steinem. Contudo, por causa dos problemas de saúde da atriz, ela foi substituída por Sarah Jessica Parker.

Outro filme baseado na história de Linda Lovelace, Inferno: A Linda Lovelace Story, Será estrelado por Malin Akerman (Watchmen), tem Matt Dilon no elenco e ainda não tem data prevista para seu lançamento.

 Mas... Agora vamos à técnica

A garganta profunda é a melhor técnica do sexo oral (ao menos para o homem). Garganta profunda significa colocar todo o pênis dentro da boca, até a base e se possível ainda tirar a linguinha para fora e dar umas lambidinhas no saco.
A técnica da garganta profunda realmente não é fácil de ser dominada e não são todas as pessoas capazes de tal proeza, pois ela exige muito esforço e preparação.
Para isso, juntamente com seu parceiro, a mulher deve iniciar uma rotina de treinamento, deixando claro que suas expectativas muito provavelmente não serão atingidas em um primeiro momento.

Para deslizar e poder entrar em um espaço tão apertado como a garganta, será necessárioutilizar muita lubrificação, onde no sexo oral, a saliva é a opção mais evidente, mas outras formas de lubrificação são possíveis.
A prática é quase tão complexa quanto engolir espadas (Linda Lovelace teve experiências como engolidora de espadas no circo).
Quem está ali, fazendo, fatalmente vai sentir, na hora, um pouco de ânsia de vômito. Saber controlar essa ânsia é fundamental ou você pode estragar tudo. Quem estiver aprendendo e não der conta de segurar o vômito, melhor não encanar e correr pro banheiro, fazer um gargarejo e voltar, numa boa.

Algo importante a ser entendido é que a cavidade da boca (em uma pessoa de pé) fica numa horizontal e a garganta em uma vertical e, a não ser que o pênis do seu parceiro seja do tipo anzol (que são tortos para baixo) você terá que alinhar sua boca com a garganta. O truque dessa arte é alinhar a garganta com a boca, ficando tudo reto e coordenar a respiração com o movimento do pênis.  


Dependendo do tamanho do pênis, uma parte dele irá até a sua garganta, provocando uma ânsia quase impossível de aguentar, uma pressão irá invadir sua boca, expulsando o pênis quase que instantaneamente. Algumas mulheres acham que não podem realizar esta técnica por ter úvula grande, amígdalas ou glote pequena. Mas chega de desculpas, continue lendo e faça do seu homem o mais feliz do mundo. Com esta técnica você também será uma excelente garganta profunda, basta um pouco de prática!

Importante: Coordene a respiração com a entrada do pênis. Se você já estiver conseguindo engolir totalmente o pênis, verá que não consegue respirar bem, pois a passagem da traqueia também está bloqueada. Costume e auto-controle são essenciais para não se desesperar. NUNCA “force a barra”. Se a cabeça do pênis estiver forçando alguma coisa, será certamente o fundo de sua garganta. A não ser que você acomode sua posição, em sintonia com seu parceiro, as únicas coisas que você conseguirá serão machucar sua boca ou provocar o reflexo de vômito.

Posições para garganta profunda 


O posicionamento para esta técnica é muito importante, essencial para o sucesso. O maior obstáculo é a ânsia de vômito. 


A pior posição é aquela onde seu homem está deitado e você está agachada olhando para ele. Pense, qual é a posição que fazemos quando queremos vomitar? Nesta posição sua úvula vem para frente, sua glote fica estreita e a ponta do pênis bate no teto da garganta forçando a úvula o tempo todo. 

Se você quer ter sucesso, vai precisar se posicionar corretamente. Seja criativa e estude suas limitações.


1.) Se ele insiste em ficar deitado, a melhor posição é você e ele ficarem de lado, e em posição 69, desta maneira o pênis fará o trajeto normal da garganta, sua glote estará relaxada e sua úvula irá para um dos lados da garganta, dando mais passagem para o pênis.




2.) Outra posição infalível é você deitada na cama com a cabeça levemente para fora, pode ser feito no sofá com a sua cabeça levemente para fora do braço do sofá, seu homem de pé. Ele encaixará o pênis na sua boca. Esta é a melhor das posições, pois sua glote estará escancarada, sua úvula quase dormindo no assoalho de sua garganta, será a posição perfeita. Ele poderá segurar nos seus seios enquanto penetra em você. Sua única preocupação aqui serão as bolas dele batendo no seu nariz e nos seus olhos. Com esta posição você poderá respirar, não sentirá ânsia de vômito, nem salivará. Você pode usar suas mãos para ajudá-lo a penetrar ou pode se masturbar enquanto praticam sexo oral, qualquer uma das opções será o máximo.


3.) Na outra posição ele de pé e você de joelhos. Esta posição te dará um pouco de ânsia, mas você deve estar um pouco mais alta que o pênis, sua cabeça inclinada, como olhando para baixo, desta maneira poderá brincar com a posição do pênis. Esta é ideal para que saia aquela lagriminha tão esperada do teu olho. Nesta posição como terá um pouco de ânsia, consequentemente terá também uma salivação excessiva, não se intimide, deixe aquele rastro de saliva entre o pênis e a boca ou cuspa na ponta do pênis, excitação certeira.

Prática leva à perfeição! 

No começo tente apenas fazer a garganta profunda uma ou duas vezes dentro do sexo oral, conforme você for superando suas expectativas com relação as suas limitações, você poderá aumentar este tempo, brincar com o pênis e realizar algumas fantasias sexuais como por exemplo amarrar suas mãos.

Uma dica interessante: Se te der vergonha de iniciar a prática com seu parceiro, compre uma prótese e pratique com ela, use uma camisinha para ficar mais agradável, se possível aquelas com sabor, o gosto da prótese é horrível.
Com a prótese você não sentirá pressão de fazer bem feito, te dará tempo à prática e auto conhecimento de seus limites. Para algumas mulheres a ordem é dominar a habilidade! De qualquer forma, no início não seja ousada demais! Já imaginou você morrendo engasgada com um pênis de borracha? A sua família vai jogar seu corpo num brejo qualquer e dizer que você mudou para a europa.

Se você colocar estas técnicas em prática, seu homem vai agradecer e você terá um louco rastejando aos seus pés!

Última dica importanteAntes de fazer qualquer coisa no sexo, seja uma posição nova ou uma arte nova, vocês têm que entrar em um consenso de que quando um não estiver gostando, vocês vão parar imediatamente, pois caso contrário, o que era para ser prazer acaba se tornando estupro.

Mais um infográfico interessante sobre garganta profunda e como apimentá-la: 

1. Na hora que a pegação ficar mais quente, diga algo sacana no ouvido do cara. Tente instigar sua curiosidade. 

Vem cá que vou te mostrar minha habilidade especial


2. Brinque com o pênis. Como se fosse um sorvete, percorra a língua de baixo para cima e ao redor da cabeça. Segure firme e faça movimentos com as mãos enquanto lambe ps testículos. Desça mais a boca e mande um beijo grego para esquentar (mas só se ele gostar ou permitir). Lambuze tudo.


3. Inspire fundo. Recue bem a língua para baixo. Abra a garganta como se fosse gritar. Engula tudo o que puder, de uma só vez. Cuidado com os dentes!

 
4. Toda vez que tiver ânsia de vômito, force arrotinhos. Fique tranquila: não dá pra perceber que você está arrotando. O segredo do deep throat é saber controlar a vontade de vomitar.Tente enfiar cada vez mais. Pense que o pênis tem que entrar inteiro goela abaixo. Com a garganta na mesma linha do pênis fica mais fácil.





5. Se fizer tudo direitinho, seu olhos vão lacrimejar sem parar. Esqueça o make, desencane se o nariz escorrer. A sujeira também é fetiche nessa hora. Se ele estiver gostando, não pare! Repita os movimentos para cima e para baixo várias vezes, abrindo mais a garganta e enfiando o mais fundo que puder, sempre coordenando com a respiração. Se cansar e tiver experiência o suficiente, deixe o cara “foder a sua boquinha”. Eles adoram isso! Lembre-se de inspirar bem sempre que conseguir.





6. Se o rapaz for educado, vai avisar na hora de gozar. Aí cabe a você decidir se vai continuar até o fim e engolir tudinho ou se vai fazê-lo ejacular no seu rosto, nos seus peitos e se lambuzar de porra ou ainda, se vai se desviar do jato! rsrs.


7. Treine. Quanto mais você treinar, mais fácil vai ser. Comece enfiando o que conseguir e vá tentando aprofundar cada dia mais. Com a prática, você irá aprimorar sua habilidade e verá como é possível – sim! – engolir até os paus tamanho GG. Inteirinhos!


Reações: