sábado, 5 de fevereiro de 2011

Saiba do que as mulheres gostam ao receberem sexo oral

Sexo oral feminino Publicado por: Luca em: 23/10/2008
pergunta de um leitor:
Gostaria de saber como vocês preferem o sexo oral feminino. Seria o estilo sorvete americano ou ostra?



É o seguinte: já que vocês estão lá embaixo, por favor, aprendam a fazer sexo oral de uma vez por todas! Esqueça o sorvete, a ostra e o milho! 
Tem que explorar a área, gentilmente e demoradamente. Sugar com força, dar beliscões ardidos ou morder são práticas terminantemente proibidas! Até gostamos de uma coisa mais “forte”, mais isso é progressivo, não é pra se portar como um hipopótamo numa loja de cristais.
Durante as preliminares, use a sua língua (isso mesmo, use-a!) para lamber os mamilos, o umbigo, a parte mais baixa das costas, atrás dos joelhos, as coxas e toda o que diz respeito à vagina.

Faça um “reconhecimento bucal” (e lingual) por toda a área da vagina, lembrando de todas as reentrâncias. Mas ainda não chegue ao clitóris (ou grelo 
– écati! – se preferir)

Mantenha isso até você perceber que ela está implorando para que você chegue no tão conhecido “amiguinho”.
Quando você estiver lá, esqueça as técnicas que já te ensinaram ou que você já ouviu falar. É muito mais simples! Preste atenção às reações da mulher enquanto você tenta quatro formas: pra cima e pra baixo; pra esquerda e pra direita; círculo horário e círculo anti-horário. Cada mulher tem uma preferência, então, preste atenção nela.
Língua entra-e-sai: não fede nem cheira. É legal, mas só um pouquinho, pra diversificar. Depois volte ao ponto em questão (clitóris, lembra?)
Mantenha o ritmo. Se você percebe que ela está prestes a gozar, não mude. Mantenha da mesma forma, qualquer mudança pode atravancar o processo.
[Uma coisa que meu namorado fazia e que era in-crí-vel: ele segurava delicadamente o clitóris com os dentes, e sugava, delicadamente também. Ui!]

Os homens esquecem de uma coisa básica: sexo oral não é necessariamente só na vagina. Já ouviu falar em cunete? Não conheço uma mulher que não goste. As que não provaram têm receio… mas depois da primeira, todas querem mais.

Reações: