segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Opinião feminina sobre - O que é um Homem "de Pegada"?



Bom eu na verdade sempre fiquei meio na duvida quando ouvia as mulheres comentando sobre esse ou aquele cara com pegada, pois não sabia bem o elas queriam dizer exatamente com isso, pesquisei um pouco e trouxe a resposta para vocês, serve para os que sabem o que é os que não sabem e também aqueles que acham que sabem mas pode estar enganados, portanto sabendo ou não da uma olhadinha !



De um modo geral, as mulheres se sentem atraídas por homens bonitos, inteligentes e sensíveis, assim como eles, que não resistem a

uma mulher com os mesmos atributos. No entanto, existem homens que atraem, não por serem irresistivelmente belos, mas porque têm um quê a mais. Algo que fica entre o equilíbrio da sensualidade com a ousadia, o ponto perfeito entre um gentleman e um amante latino.

Não! Ele não precisa estar vestido com uma Ralph Lauren e um jeans Armani desbotado para chamar a atenção. Ele simplesmente chama. Até um aperto de mão pode ser inesquecível. Esse é, com certeza, um homem de pegada!

"Pegada" é a maneira como o homem se aproxima e pega uma mulher. É questão de atitude! Personalidade! Poder de decisão! Nenhuma mulher resiste a essa aventura de se sentir desejada em todos os sentidos naquele momento de erotismo no ar. Homem sem pegada é como um objeto decorativo; só serve para enfeite.

Um homem "de pegada" é aquele que desperta na mulher a sensação de ser hipnotizada com os olhos. Um olhar tão penetrante que só pode ser saciado pela fruição do corpo. É aquele que sabe envolver, fazer a leitura das reações, avançando e recuando na hora certa. Ele não usa a linguagem romântica, e sim a linguagem do corpo.

Tudo gira em torno do inesperado. Previsibilidade não combina com tensão emocional. Essa é a questão: o sexo feminino precisa se sentir desarmado, sem resistência ao prazer que o seu parceiro está pronto a lhe proporcionar. E isso será recíproco se ela sentir que ele está disposto a lhe dar prazer emocional e sexual. As mulheres necessitam, sim, dessas duas sensações para se entregarem à tensão que as envolve no momento; querem o coração batendo forte, as pernas bambas, as mãos trêmulas, enfim, os sentidos todos alterados.

Não basta beijá-la e abraçá-la, tem que conquistar de verdade; encontrar o caminho que a faça estremecer nas bases. É mais do que puxar para perto; é aquele meio-termo entre delicadeza e força, o instante de suspense em que o tempo parece parar e tudo começa a fluir em sintonia: a pele arrepia, a respiração acelera, os olhos se fecham e as defesas caem por terra. Qual é a mulher que ficará impassível a essa química de intimidade? A essa temperatura, a essa intensidade que faz com que tudo se encaixe perfeitamente: as mãos, o corpo, a boca.

Ter uma "boa pegada", eu diria, é o grande desafio dos homens modernos, que estão se adaptando ao novo tipo de mulher: exigente, confiante, ousada. Um homem inseguro não consegue mais conquistar de verdade uma mulher, a menos que aprenda "a pegar". De nada adianta ser bonito e saradão se não tem atitude. Lembre-se daquele anúncio da Pirelli: “Potência não é nada sem controle”. Pegou?


Reações: